5 motivos para assistir animes


“Lá vem ela com esses desenhos japoneses que o personagem abre a boca e já sai 500 palavras” é o que eu mais ouço aqui em casa quando estou assistindo algum anime, sempre seguido daquela imitação clássica (e vergonhosa) de falar japonês.

Bungou Stray Dogs (2016)
Acredito que esse pré-conceito (ou até mesmo o preconceito) com animes já está durando mais do que deveria. Óbvio que aos poucos eles vem se tornando um pouco mais populares, mas ainda vejo muita gente menosprezando e tirando sarro das pessoas que assistem animes.

Yowamushi Pedal (2013)
Então hoje o #5CoisasNaTaverna será sobre 5 motivos pelos quais você deveria dar uma chance de conhecer mais sobre esse universo dos animes:

#1 - É inspirador e inesperado

"Você precisa de um motivo para não querer perder?" Haikyuu (2014)
Se você já é um amante das animações, não tem por quê você não se permitir se emocionar com os animes. Há muitos deles que falam de personagens que tem grandes sonhos e fazem de tudo para realizá-los, por mais difícil que seja e por mais que eles não tenham o que é preciso para realizar, com isso, querendo ou não, você acaba se apegando e torcendo por determinado personagem, já que eles também costumam ter grande carisma. Para as pessoas mais sensíveis e dispostas a aprender algo novo, isso é um grande fator que acaba te inspirando de verdade.

Sword Art Online (2012)
Outro ponto que eu acho interessante é que nos animes não existe aquela coisa de que o mocinho sempre vence e não morre no final. Você vai ver personagens queridos perdendo e fracassando algumas vezes antes de conquistar seus objetivos e até mesmo depois de já ter conquistado algumas coisas. Apesar de ser tudo uma fantasia, isso acaba fazendo a história parecer mais real e você se enxergando naqueles personagens, que não hesitam em demonstrar que é preciso ser forte para lutar e conquistar seus objetivos apesar de todos os obstáculos.

#2 - É muito divertido

Gin no Saji (2013)
A forma como os animes retratam as emoções dos personagens são muito divertidas. Geralmente a forma escandalosa como são retratadas te arrancam boas risadas. É claro que nem todo anime você vai rir do começo ao fim, já que não existe só a comédia, mas por mais sério e macabro que o anime seja, pode esperar que sempre terá um alívio cômico desse tipo que te fará rir. Fora que a possibilidade de você pegar um anime pra assistir que tenha um personagem tapado e\ou idiota, são bem grandes.

#3 - Tem de todo tipo e pra todo mundo

Another (2012) / Gin no Saji (2013) / Shokugeki no Souma (2015) / Kuroko no Basket (2012)
A afirmação “anime é coisa de criança” é quebrada aqui, claro que muitos são feitos para o público mais jovem, mas isso não significa que fica restrito nessa faixa etária, também há muitos animes para adultos. Os animes que ficaram mais conhecidos pelo grande público no Brasil foram Dragon Ball, Naruto, Cavaleiros do Zodíaco, entre outros, que são mais voltados para o gênero de ação e porradaria, isso fez com que muitas pessoas criassem a ideia de que os animes são restritos á isso, e acabam não conhecendo os outros gêneros. Tem animes que falam desde esportes, vida na fazenda e culinária á super heróis, temas LGBT e terror. Então se você acha que não se interessa por animes, talvez você só não tenha encontrado o tipo que mais te agrada.

#4 - “Ah, mas são muitos episódios pra acompanhar…” PARE

Mayoiga (2016)
Acho que todo mundo já ouviu falar, pelo menos, de One Piece e seus quase 800 episódios, certo? Ou aqueles que conheceram Naruto há uns anos atrás (no SBT) e resolveram acompanhar a história, mas chegaram em um momento que cansaram por parecer não ter fim… Talvez histórias grandes assim não te agrade muito, mas é claro que também existem animes de poucos episódios e poucas temporadas que, se você tirar uma tarde do seu dia (no caso das temporadas de 12 episódios), você consegue assistir uma temporada inteira fácil.

#5 - “Ah, mas muito zoado tudo em japonês…” PARE DE NOVO

Yowamushi Pedal (2013)
Normalmente as pessoas julgam o modo dos japoneses falarem por ser muito diferente daquilo que elas estão habituadas a ouvir. Eu posso garantir pra você que se você colocar a sua avó pra assistir um filme em inglês, por exemplo, ela vai estranhar muito mais aquela linguagem do que você que já está habituado em ouvir músicas e assistir filmes e séries em inglês, então julgar uma cultura inteira pelo simples fato de você achar diferente daquilo que você vive no dia a dia é uma uma forma perigosa de deixar passar chances de conhecer e aprender coisas incríveis.

Tsuritama (2012)
Quatro vezes no ano, cerca de 40 animes são lançados, impossível todos esses ser animes excelentes, então é claro que existem animes ruins, como existem filmes ruins e séries ruins, mas isso não quer dizer que não tenha aqueles que merecem, sim, ser valorizados. Animes são animações especiais e eu só aceito que alguém me diga que não gosta de assistir depois de já ter assistido algum além daqueles que costumava passar na TV há algumas décadas atrás (nossa, me senti velha agora, vocês não?).

Hajime no Ippo (2000)
Quem já assiste animes concorda com esses 5 pontos? Deixe suas opiniões nos comentários! E quem não assiste, ficou curioso em conhecer algum anime? No nosso site tem várias indicações, além de vocês poderem pedir diretamente nos comentários!

Tecnologia do Blogger.