Bungou Stray Dogs - Ep. 11 Em 1º Lugar, e Adequado da Profissão Para Ela, Em 2º lugar, Uma Agência de Detetive Eufórico


Chegamos ao penúltimo episódio de Bungo Stray Dogs e depois daquela batalha do episódio anterior, vimos estado em que Akutagawa ficou depois do ataque final de Atsushi. Desde o começo, dizia-se que Akutagawa era o mais forte da Máfia do Porto e que o Lagarto Negro era um grupo dos mais poderosos e ninguém podia com eles, todas essas informações pra mim perderam o valor quando ambos foram derrotados pelos membros da Agência sem tanta dificuldade, agora eu acho difícil ver eles como badass.

A primeira parte do episódio mostrou um pouco da fidelidade de Higuchi á Akutagawa, que juntos são membros superiores da Máfia, recebendo ordens diretas do grande Chefe. Apesar de não se achar apropriada para tal serviço e de ser regularmente menosprezada por quem deveria ser seu parceiro, foi ela quem foi atrás de Akutagawa quando o mesmo foi sequestrado. E mesmo correndo risco de morrer nessa tentativa, ela se arriscou de cabeça erguida e a morte quase que foi o preço que ela teve que pagar, se não fosse o pessoal do Lagarto Negro, que como seus subordinados tem como trabalho protegê-la, chegou bem á tempo de salvar sua vida.

Atsushi estava preocupado caso Kyouka não fosse aceita na Agência, mas assim que ele chegou no escritório viu como a menina estava sendo muito bem recebida pela maioria dos membros, principalmente pelo Rampo, que era o que mais paparicava ela. Mas a questão de deixá-la ficar definitivamente ainda não estava decidida, foi só depois que Kyouka disse seus motivos e implorar para o Presidente que a deixasse ficar, que ela acabou se tornando mais um membro da Agência.

Já que a missão desse episódio ficou por conta de Atsushi e Kenji, pudemos conhecer um pouco mais do menino com chapéu de palha. O menino Ken tem uma inocência bem notável, ao sair pela rua em busca de provas com Atsushi, vimos o quando ele é aquele menino doce e prestativo do campo, conhecendo e falando com todos que passavam por eles. Com o lema de “seja sincero de todo o coração”, ele acabou recebendo uma pista e foi investigar.

Será que dava pra chamar de investigação? Kenji chegou em uma sala cheia de gangsters, perguntou se eles teriam alguma coisa a ver com a explosão, eles disseram que não, Kenji agradeceu e foi embora. Atsushi já estava quase surtando, mas no final sempre fazia aquela carinha fofa de “é, você deve estar certo, vamos continuar”.

Até que a gangue inteira cerca os dois e confessam o crime, Kenji ainda agradece pela confissão e logo depois disso, leva um bastão de ferro na cabeça, e então conhecemos o lema da família dele… “Se uma vaca se fizer de difícil, desça a mão nela com o que estiver por perto” e foi o que ele fez. Sempre com um sorriso sereno, tratou de zunir os carros em cima dos gangster e o que veio pela frente, depois ainda sentou em cima da montanha de homens desacordados para apreciar um avião que passava no céu.

Sendo o penúltimo episódio da temporada e depois daquela batalha entre Atsushi e Akutagawa, eu esperava mais desse episódio, mas ainda assim, foi bacana ver um pouco mais do menino Ken. 
Tecnologia do Blogger.