Crítica: Haikyuu! – Eu quero a 3ª temporada


Acabou mais uma temporada de Haikyuu e, mais uma vez, fiquei empolgado com esse anime. Haikyuu não é só mais um anime de esporte. Em minha opinião, ele faz parte do alto escalão de grandes histórias que têm aquele poder de te fazer querer seguir em frente e não desistir, por mais difícil que seja o caminho que escolheu (é mais auto-ajuda do que os livros do Augusto Cury kkk).

Para quem acompanhou desde a primeira temporada, esse final teve um sabor especial ao ver onde Hinata e Kageyama conseguiram chegar juntos com os outros membros do Karasuno, uma equipe que até pouco tempo atrás era vista como os corvos sem asas e agora são aplaudidos pela escola toda graças aos seus esforços.

Sei que muita gente pode reclamar por ter ficado muito tempo nos episódios de treinamento, mas aqueles episódios foram essenciais para essa temporada. Já pensou que chato seria se eles fizessem algo do tipo “meses depois” e já voltasse com o time inteiro do Karasuno jogando bem e cheio de jogadas especiais? Agora com quase meia temporada de treinamento, tivemos a chance de vê-los criando jogadas e ralando para conseguir aperfeiçoá-las, vivemos essa trajetória junto com eles.

E a temporada não ficou restrita apenas a Hinata e Kageyama levando o time nas costas. Claro que eles são os jogadores principais, mas o time todo teve seu valor nessa temporada. Todos tiveram seu momento de brilhar e mostrar que conseguiram amadurecer, inclusive o Yamaguchi, que parecia estar lá só para puxar o saco do Tsukishima. Tsukishima que, por sinal, teve umas das maiores evoluções entre todos os membros do time. Não apenas evolução das suas habilidades, mas principalmente no seu comportamento em relação ao vôlei (sem contar que os comentários dele são os melhores).

Outra coisa que a segunda temporada conseguiu manter foi o nível das músicas de abertura e encerramento. Foram tão empolgantes quanto às da primeira temporada. Só que nem tudo são flores. Uma coisa que me incomodou muito no final da temporada e vem me incomodando em vários animes de esporte, é terminar a temporada no meio da competição ou de uma partida muito importante. No caso de ter a terceira temporada, beleza. Mas e se não tiver? Os fãs do anime vão ficar chupando o dedo? Eu entendo que tem que terminar com um gancho para uma próxima temporada, mas, pelo menos, poderiam dar um final para a história que estão contando.

Não sei se sou só eu, mas me arrepiava toda vez que faziam comparação deles com corvos e apareciam as penas saindo ou então dando a impressão de que eles estavam voando. E depois de acompanhar mais essa temporada, eu tive certeza de que Haikyuu não é um anime pra você assistir um episódio por semana, é muito mais interessante você esperar acabar a temporada toda e fazer maratona de episódios. Agora se você for como eu, que não tem essa força de vontade toda de esperar o anime terminar para começar a assistir, também vale rever ele todo depois que acabar.

Gostei muito da temporada e estou ansioso pela terceira. Comentem o que vocês acharam. E se você ainda não conhece esse anime, têm duas ótimas temporadas esperando para serem assistidas, além da nossa crítica sobre a 1ª temporada aqui.


Tecnologia do Blogger.