Gotham: Anything for You


Nesse episódio pudemos ver a disputa de dois caras carentes pela atenção do Pinguim, ou melhor, do Prefeito Oswald Cobblepot. Sem dúvida, esse episódio teve como tema principal relacionamentos, amorosos ou não.

Ficou claro que a Dra. Lee Thompkins ainda sente algo pelo Jim. Estava mais que na cara naquele momento em que ela foi falar pra ele que iria se casar e que seu noivo era um Falcone. Aposto que ela estava esperando alguma reação do Jim. Algo do tipo: “não case, volta pra mim”, mas no momento em que ele mostrou certa indiferença ao saber quem era o noivo dela, ela ficou um tanto quanto abalada e fazendo acreditar que aquele soco no Nygma não foi só pela Kirsten, e sim para descontar também a frustração que ela sentia em relação ao Jim.

Um dos melhores momentos desse episódio foi a conversa entre Bruce e Jim no café, onde vimos os dois mais como amigos, falando sobre relacionamentos de igual para igual. Nessa conversa o que mais me chamou atenção foi a pequena referência que Gordon fez ao mencionar que Bruce estava se tornando um grande detetive. Como todos sabemos, ele se tornará o “Batman” (falando com aquela vozinha do “I am Batman”).

Seguindo o conselho do Gordon, Bruce resolveu aproveitar o “batsinal” e ir atrás da Selina. Primeiro na tentativa de agradá-la, mencionando a investigação pelo desaparecimento da Ivy e falhando miseravelmente, para só então, de uma maneira totalmente atrapalhada, declarar seu amor por ela. E claro que a Selina não iria deixar essa passar de boa sem tirar sarro da cara do menino Bruce antes. Ela demonstrou o quanto é independente nessa cena.

E seguindo o próprio conselho que ele deu ao Bruce, Gordon foi atrás da Valerie tentando dar um passo à frente nessa sua vida de relacionamentos que sempre dão errado. Agora, será que o Capitão Barnes vai virar o Coisa e voltar para aquele “maravilhoso” filme do Quarteto Fantástico?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.