Hawaii Five-0: Ka Hale Ho'okauwel


Finalmente chegou o episódio especial de Halloween de Hawaii Five-0 e com ele o retorno do Dr. Max Bergman com suas maravilhosas homenagens a Keanu Reeves em suas fantasias. Talvez esses sejam os episódios mais divertidos porque a produção ousa brincar mais com a história ao invés de fazer algo muito sério como é o de costume da série. Eu gosto desses episódios com uma pegada Scooby Doo.

Por mais que seja algo normal, sempre que alguém chega falando “dude” pro Jerry, bate aquela sensação nostálgica da época de Lost. E dessa vez ele recebeu uma missão muito difícil do Danny: ser babá de uma adolescente revoltada e de um Danny em miniatura todo empolgado para conseguir doces. A Grace toda revoltada nesse episódio nem parece ser aquela garotinha que chegava gritando “Danno”. Apesar do jeito peculiar de Jerry, foi bacana ver como ele conseguiu amansar a fera e fazê-la concordar em fazer o Halloween do seu irmãozinho uma comemoração mais feliz. 

Pudemos ver como o tio Danny era um bully e traumatizou a infância do pequeno Ranger Rosa Eric (vulgo versão mais jovem do Brendan Fraser). O Eric contando essa história foi um dos momentos mais engraçados de todas as temporadas. Ele é um personagem que sempre me diverte, gostaria de vê-lo mais na série.

Enquanto a Five-0 brincava de caça fantasmas, a Kono e o Adam sofriam na mão de uma seita que pelo jeito iria fazer alguns sacrifícios nesse Halloween, mas o que eles não contavam era que tinham prendido uma das mulheres mais badass das séries do momento. Porém o plano da seita poderia ter dado certo se não fosse a chegada da Five-0 com a polícia. Já diziam os vilões desmascarados do Scooby Doo: “Malditas crianças!”

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.