Legends of Tomorrow - Out of Time


Legends of Tomorrow já começou sua segunda temporada com crossovers. Nathan Heywood arrumou um jeito bem peculiar de conseguir uma reunião com o Prefeito Oliver Queen, e o tópico da conversa era justamente a equipe de Rip Hunter.

O episódio foi cheio de ação com umas boas pitadas de humor e até emoção. Fiquei mais satisfeita com esse primeiro episódio do que com a primeira temporada inteira, não sei se foi por já conhecer os personagens ou se por algum motivo eles simplesmente acertaram a mão no enredo.

A história foi tão envolvente que me apeguei aos personagens sem me dar conta de que faltava uma pessoa na equipe. Claro que senti falta do Snart, era um dos meus personagens preferidos da temporada passada, mas eles souberam muito bem trabalhar essa ausência do Capitão Frio. 

Não sei se foram as diversas viagens no tempo, os efeitos especiais, os trajes ou até mesmo aquela mensagem final de Rip Hunter para a sua equipe, bem parecida com as cenas de despedida do Doctor com suas companions… Mas algumas cenas desse episódio me deixou muito nostálgica com certos episódios de Doctor Who, será que fui a única?

Acho que ninguém esperava ver o Flash Reverso já no primeiro episódio. Terminar com a aparição dele seguido da Sociedade da Justiça da América foi uma boa forma de deixar os fãs ansiando pelos próximos episódios. Quem não ficou empolgado pra saber o que irá acontecer agora?

Mas pra mim, se Sara Lance não foi destaque nesse primeiro episódio, eu não sei quem foi. Além de ter dado uns pegas na rainha da França, ainda foi parar em Salém e quase foi queimada como a bruxa que corrompeu todas as mulheres do vilarejo. O melhor de tudo era sua reação quando era acusada de ter cometido tais “erros”, sempre em sua defesa, ela dava as melhores respostas.

O que acharam do retorno de Legends of Tomorrow? Deixe seus comentários!
Tecnologia do Blogger.