Agents of SHIELD: Deals with Our Devils


O hiatus de Agents of SHIELD teve um episódio. Já vamos começar falando mal da série. Agents of SHIELD em si é muito bom e vem melhorando a cada temporada, só que esse número grande de hiatus e o tempo de duração deles faz com que se perca o ritmo da história. Isso acaba prejudicando muito a série. Faz praticamente um mês desde The Good Samaritan, agora teremos mais dois episódios e depois disso só Deus sabe quando.

Falando sobre o episódio, gostei da maneira como foi filmada as duas dimensões paralelas usando um filtro mais esverdeado onde Coulson, Fitz e Robbie estavam, diferente do mundo normal, onde a história seguia. Também foi interessante ver a mesma história sendo mostrada em duas perspectivas diferentes.

Algo que ficou bem estranho foi a missão da Simmons. Ela realmente foi lá apenas para dar apoio e tirar a casca do cara? Eu acho que faltou se aprofundar um pouco ali, mostrá-la fazendo algo mais. Ficou parecendo uma cena só para dar motivos para o Fitz enfrentar o diretor quando voltasse.

Por um breve momento, tivemos o Ghost Rider em Agents of SHIELD como o Motoqueiro Fantasma. Pelo que deu para entender, quando o demônio o possuía, ele disse que Mack havia perdido a esperança e depois o vimos bem abalado com uma fotografia escrito “Hope”. Tal acontecimento pode ter despertado alguma dor antiga.

Quem acabou salvando o dia foi Aida após ler o Darkhold. Todos os personagens foram trazidos de volta, mas isso acabou alterando algo na programação de Aida e todas as apostas agora são que ela vai começar a ter vontade própria, o que pode gerar um arco mais filosófico sobre a vida.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.