Hawaii Five-0: Ka Luhi


Depois de duas semanas sem episódio de Hawaii Five-0, finalmente tivemos um caso. Dessa vez, envolvia as memórias de um garoto que há dez anos havia presenciado um crime. E ter visto tal acontecimento fez com que ele bloqueasse parte de suas lembranças, então a Five-0 junto com a ajuda da terapeuta do garoto tenta reconstruir o que houve há dez anos e descobrir quem era o assassino. 

O interessante nesse caso é que são apresentados dois suspeitos: um que teria motivos para cometer o crime e outro que parecia não ter nenhuma ligação com o caso. Engraçado que em momento algum acreditei que um desses dois eram culpados. Na verdade, estava achando que o assassino era o policial que investigava o crime. A história acabou apresentando o verdadeiro culpado no final e não era nenhuma das alternativas anteriores e sim uma pessoa que estava no lugar errado e na hora errada, totalmente fora de si por causa da bebida.
Acabamos conhecendo mais um membro da família do Danny, sua irmã Bridget, que por motivo de caos na vida do Danny, adoraria que ela tivesse alguma relação com o Steve. Isso iria gerar muito conteúdo para discussões e cenas épicas de humor. Apesar de torcer para ela continuar na série, já que isso seria um gás novo para a história, infelizmente acredito que ela só tenha feito essa participação mesmo. 

Mais uma vez, o lado super protetor do Danny foi colocado em ação. Às vezes me pergunto se em algum momento ele desliga esse lado dele, mas o que vimos foi o jeito dele de demonstrar que estava preocupado com que a sua irmã pudesse estar fazendo alguma besteira em sua vida, assim como ele mesmo quase fez no passado quando sentiu algo pela sua falecida parceira. Por mais que Bridget tentasse passar a ideia de que estava tudo bem com a sua vida, chegou um momento em que ela não conseguiu segurar e colocou tudo para fora. Depois, a cena onde Danny vai se desculpar e eles revivem um momento nostálgico de sua infância teve uma energia muito positiva que foi bom de se ver.

Mas a melhor coisa da participação de Bridget nesse episódio foi proporcionar a cena onde o Danny admite que o Steve estava certo em relação às segundas intenções do “coleguinha” da irmã. Rendeu boas risadas o momento em que Danny tenta mostrar para Steve como o cara estava com a mão nas costas da Bridget e Kono chega nesse momento mais que constrangedor, com aquele sorrisinho maroto no rosto e ainda perguntando se eles gostariam que ela voltasse depois.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.