Criminal Minds: Profiling 202


Não precisa acompanhar Criminal Minds por todos esses anos para saber que cada episódio da série acaba sempre focando mais em um determinado personagem, seja porque a história é pessoal ou porque aquele caso específico mexe mais com o agente. E em “Profiling 202” tivemos um caso que já vem sendo mostrado há algumas temporadas tendo o Rossi como foco principal.

Além de uma história envolvente, a interpretação de Joe Mantegna foi sensacional. Ele fazia você acreditar no que ele estava passando e em como ele estava se sentindo. Com toda aquela pressão que o caso estava gerando em cima dele, Rossi se encontrava em um estado de nervosismo e ansiedade para encontrar Tommy Yates, pois não eram só os crimes atuais que o perturbava, como também a grande lista de vítimas que ainda precisavam ser encontradas. Rossi também tinha um respeito pelo serial killer que fazia com que ele não menosprezasse e nem superestimasse Yates, algo que fazia com que ele mantivesse a cabeça no lugar e tomasse as melhores decisões possíveis para aquela situação.

Como dessa vez o criminoso era conhecido, eles não precisaram fazer a parte de descobrir quem era, então o episódio não teve cenas de perseguição ou confronto físico, foi mais um confronto mental onde o Rossi ficou tentando prever os passos de Yates. Foi quase um jogo de xadrez que, para Rossi descobrir o próximo passo de seu adversário, ele tinha que analisar todo o histórico de crime e pensar como o criminoso com base no perfil que ele conhecia tão bem. Já tivemos episódios desse jeito na série, só que não são tão comuns e quando eles acontecem, sinto um algo a mais. 

O elenco cresceu bastante, então parece que cada episódio será focado apenas em um grupo, sendo difícil a interação da equipe inteira nos casos. Talvez essa seja uma maneira que eles acharam de renovar a série depois de 12 temporadas. Pode ser que fique muito bom ou que não funcione tão bem. Mas vale o respeito pela coragem de estarem tentando mudar o formato da série, que é um sucesso, depois de todo esse tempo.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.