Hawaii Five-0: Hahai I Na Pilikua Nui


Voltando às terras havaianas para falar mais uma vez sobre aquelas que eram o foco no começo da temporada e acabaram sendo deixadas de lado por um tempo: Dra. Madison Gray e Alicia Brown.

Madison retornou ao Hawaii para sua última jogada. Depois de fazer vários serial killers matarem por ela, agora seu objetivo é transformar Alicia em uma assassina. Alicia estava quebrada desde a suposta morte de sua filha. Sendo assim, ela não teria grandes perdas e nem sofreria o bastante e isso não iria satisfazer Madison.

Então ela passou os últimos meses buscando pistas sobre o assassino da filha de Alicia e descobriu que a garota não estava morta. Isso fez com que Alicia a reencontrasse e agora sim ela teria algo a perder. Esse nível de maldade não é para qualquer um.

Uma coisa que eu notei e acredito não ter sido o único é como a relação entre Alicia e Steve tem muito mais química do que a dele e da Lynn. Nos casos que envolvem a Alicia parece que o Mcgarret vai de cabeça, tem um sentimento maior ali. Pode não ser uma paixão, mas é algo acima de uma simples amizade ou respeito profissional.

No final do episódio, Madison apareceu na casa da Alicia dando a entender que ela estava fazendo a última jogada para que Alicia a matasse e assim virasse uma assassina. Essa pelo menos foi a primeira impressão que eu tive, mas parando para pensar, Madison é uma fugitiva da polícia e se Alicia mata ela ali poderia ser considerado legítima defesa (eu acho, não entendo nada de leis). Será que a Dra. Psicopata está contando só com a culpa que Alicia irá sentir por tirar uma vida? Acho difícil, por tudo que foi mostrado dela até agora. Com certeza ela tem um plano maior que isso. A arma pode ter sido usada em outros crimes e agora as digitais da Alicia estão nelas. Aquele final só com o som do disparo de uma arma deixou muita expectativa para o próximo episódio. E vocês, o que acharam?



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.