Legends of Tomorrow: Turncoat


Não importa quantas cenas importantes e de tirar o fôlego teve esse episódio, pois desde o começo já estava claro que o grande destaque seria Mick Rory.

Gosto das apresentações dessa temporada de Legends porque cada personagem conta do seu jeitinho bem particular o que vem acontecendo na série e essa semana quem fez isso foi o Rory. Eu dei risada desde o começo, mas aquele final "quem escreve essa porcaria afinal de contas?" me fez gargalhar. Por mais que a Sara seja minha personagem favorita e que eu goste muito dos outros personagens, acho que quem mais eu gosto de ver em cena mesmo é o Rory.

E se a gente pensou que ele pararia de brilhar naquela abertura é porque a gente ainda não tinha visto o bromance que ele cultivou com "Georgy Boy" (George Washington para os demais). Ver o desmerecimento do Rory se tornar respeito ao mesmo tempo que George soube ouvir e apreciar o que ele tinha a dizer foi sensacional. Só não foi mais sensacional do que a estátua do Mick em Washington DC.

Não quero que me interpretem mal, mas eu gostei de ver o Rip sendo um cretino. Claro que eu também fiquei indignada com o tiro e o sufocamento da Sara, mas acho que eu já estava tão cansada de ver ele sendo a vítima indefesa que gostei de vê-lo de volta à ação, mesmo que no time errado.

Só eu achei o rolo de Nate e Amaya muito do nada? Ou realmente tava rolando um clima nos episódios anteriores e eu não percebi? Mesmo que tenha sido uma demonstração dos relacionamentos modernos, eu não esperava que eles já fossem ter alguma coisa. Agora é ver se foi só um momento de prazer e diversão ou se eles vão desenvolver mais isso lá pra frente, porque parece que o Nate não quer deixar pra lá não.

Desde o começo da temporada a gente tem comentado o quanto Jax amadureceu e parece que não fomos os únicos a notar isso. Enquanto Sara estava impossibilitada de liderar a equipe, ela passou o cargo para Jefferson, que teve total apoio dos parceiros, principalmente do Stein, que no começo cuidava dele como se fosse um filho pequeno. Parece que até ele está vendo o quanto Jax cresceu.

Por fim, nada mais justo do que Natal em pleno mês de fevereiro, considerando as viagens no tempo e o fato das Lendas nem fazerem ideia de que dia da semana eles estão vivendo. Foi bom ver que a equipe permanece unida e determinada a trazer Rip de volta.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.