The Flash: Attack on Gorilla City


Vamos falar do retorno de Grodd. Primeiro achei que o episódio seria bem pior do que realmente foi. Eu, sinceramente, não gosto do Grodd como vilão, mas, por outro lado, nas histórias dele é que conseguimos fugir da mesmice que vem tomando conta da série.

Foi interessante ver Gorilla City e descobrir como os gorilas são bons trabalhando com pedra. Deve ter pelo menos um “Mike-Gorilangelo” no meio deles. A ideia foi boa, isso sem dúvida, deu um respiro que a série precisava, mas a computação gráfica foi tão pobre. Eles tentaram fazer algo grandioso e no final ficou parecendo que eram bonecos animados. Talvez se eles usassem aquela ideia de menos é mais e focassem mais em efeitos práticos, poderia ter ficado muito mais marcante. Claro que tem o fator de ser para TV, isso significa orçamento não tão alto e uma produção quase que industrial de episódios. Talvez eu esteja reclamando demais, só que acredito que todos os fãs esperam para ver algo bem feito.

O plano do Grodd até agora não decidi se gostei ou não. Será que ninguém ali pensou que poderia ser mentira do vilão? Eles deram, a um gorila superinteligente que tem raiva deles, um exército. Algo me diz que isso não foi uma boa ideia.

Achei a luta entre Flash e o “macaco branco” muito chata. Poxa, gente, invistam um pouco nessas lutas, façam elas serem mais emocionantes, porque não é todo dia que se enfrenta um gorila branco. Poderia ter sido um episódio para ficar na história.

No final apareceu a Cigana novamente, mas desta vez sob o controle do Grodd e, pelo que tudo indica, ela que vai abrir o portal para o ataque à Central City. Duas coisas que são certas no próximo episódio: primeiro as cantadas do Cisco para cima da Cigana rendendo cenas bem divertidas e, segundo, o Joe desesperado com todos aqueles gorila. Se só com o Grodd ele quase teve um ataque do coração, imaginem agora.

Sinceramente, não entendi todo aquele drama da Jesse pelo fato de agora o Wally ter superpoderes. Ela viu o cara feliz por estar salvando o dia, mas ela queria ser o único motivo da felicidade do rapaz? Ainda assim, ela voltou para a Terra 2. Um pouco egoísta da parte dela, não acham não?

E o que dizer do nosso amado H.R.,que parecia estar dando conselhos para a garota ser feliz? Mas no final ficou a impressão de que ele queria dar uma cutucada no Wells. Bom, vamos esperar até semana que vem para ver como essa história irá acabar.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.