The Flash: Dead or Alive


Pudemos ver a Iris sendo afetada psicologicamente pelo fato de saber que em alguns meses ela será assassinada por um super vilão que é mais rápido que o “homem mais rápido do mundo”. Com isso em mente temos duas possibilidades: ou o Barry Allen é o maior mentiroso do universo dos quadrinhos ou o Savitar é uma mulher.

Mas deixando as piadas escrotas de lado, a Iris estava meio chata? Sim, mas foi totalmente justificável devido à situação que ela está passando. Muita gente surta por muito menos. Eu gosto de sempre tentar me colocar no lugar do personagem e pensar o que eu faria e admito que não seria muito melhor do que ela e talvez fosse preso por atentado ao pudor, mas isso é outra história.

Julian começou a demonstrar como é sutil na hora de tentar ajudar o grupo, de uma maneira bem ríspida e direta foi graças a ele que Cisco pôde vencer a batalha e Barry conseguiu pensar em um plano para parar Savitar.

Gostei da atitude do Barry ao ver que sua evolução não seria o suficiente para Savitar e que quem poderia conseguir isso era Wally, que vem evoluindo bem mais rápido. Essa humildade em admitir que outra pessoa poderia fazer diferença e não ele fez bem ao personagem que vinha se tornando um pouco chato. Agora parando para pensar se o Barry tendo a cabeça no lugar já fez tanta besteira ao viajar no tempo, o que será que vai acontecer com o mundo quando Wally começar a fazer isso?

Finalmente tivemos o humor de volta à série e ninguém melhor que Cisco para fazer isso. Ver ele dando em cima da Cigana quando deveria estar tentando proteger o grupo foi super divertido e, como foi feito pelo Cisco, se tornou totalmente aceitável.

Gostei da breve conversa entre Caitlin e Cisco sobre os interesses amorosos do rapaz.

Caitlin: Cisco, o que foi aquilo? Primeiro a Patinadora Dourada e agora ela?

Cisco: Não posso escolher quem me atrai, mesmo que sejam as sexys, intensas e fatais.

A Cigana, por sinal, roubou a cena nesse episódio. Em pouco tempo conseguiu conquistar o público graças ao seu carisma e atitude. Por mais que a luta dela com o Cisco tenha sido um pouco desanimadora, foi legal ver eles viajando pelo multiverso enquanto lutavam, indo até mesmo no escritório do James Olsen de Supergirl. Só acho que poderiam ter investido um pouco mais na qualidade das cenas, mas ainda assim esse é o espírito que gostaria de ver no seriado.





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.