The Magicians: Hotel Spa Potions


Chegamos ao segundo episódio de The Magicians e enquanto Julia planeja sua vingança, o grupo de Quentin tenta aprender magias de combate e Elliot tenta salvar Fillory da fome.

Vamos começar falando do nosso autointitulado Elliot, o Rei da Merda. Enquanto esteve na Terra, Elliot fez de tudo para esquecer suas origens como um garoto do campo, sempre tentou passar a ideia de uma pessoa refinada vinda de uma linhagem nobre e quando finalmente se torna da realeza em Fillory, a primeira coisa que precisa fazer para ajudar as pessoas é lembrar de tudo o que aprendeu na sua infância na fazenda, tudo para ajudar as pessoas a produzirem seus alimentos sem o uso da magia.

Acredito que Elliot seja o personagem que está enfrentando as maiores mudanças em sua vida ou pelo menos é aquele que está sendo mais evidente. Só o fato dele desistir de uma orgia real para ficar apenas com sua esposa já demonstra o quanto ele mudou. O Martin comentou com a Julia que os pretendentes ao trono teriam que passar por um teste que ele deixou. Será que é algo mais intenso ou realmente ele precisará provar através das atitudes que merece ser rei? Será que ele já está passando pelo teste?

Por falar na temível Besta, Martin apesar de tudo está sendo um personagem interessante. A maneira com que ele vem infernizando a vida da Julia na tentativa de ajudá-la vem rendendo cenas muito divertidas. Por mais que eu tenha gostado da voz do ator, acho que também não teria paciência para aguentar ele cantando o dia todo. A presença dele meio que foge um pouco da atmosfera da série, dando a impressão de que ele está deslocado daquele mundo, mas não de uma maneira negativa. Para alguém de uma outra época e com seu nível de poder, isso combina bem.

Martin foi inteligente em ir atrás de Marina. Já que eles precisariam de uma bruxa para invocação, por que não escolher uma forte? Marina, depois de tentar se aliar com outras pessoas (inclusive o diretor que não pensa em estratégia) e não conseguir nada, viu que sua melhor alternativa era Julia e Martin, isso porque ela não sabe do que Martin é capaz, senão ela não teria pensado duas vezes.

Agora vamos à parte que me incomodou. Se o Quentin e os demais já morreram quase quarenta vezes tentando derrotar a besta e o diretor tem a lembrança de todas essas vezes que o tempo voltou, então por que essa criatura não decidiu ensinar magia de combate antes para esses coitados? Será que a intenção dele era que eles vencessem numa partida de Jo Ken Po ou então vendo quem come mais miojo? Pelo amor de Deus, eu fiquei muito desesperado com isso. Eles poderiam até não se lembrar dos feitiços, mas como já haviam aprendido a cada tentativa conseguiriam mais rápido e ficariam mais fortes.

Após se separar de Elliot, Margo ganhou mais espaço e está tendo mais atitude na série. Pelo menos nesse episódio ela fez alguma diferença. Enquanto isso, Penny parece ter recobrado o controle das suas mãos graças à Prof. Pearl Sunderland, e é claro que ele não passaria sem dar em cima dela e ela dar um fora nele.

O próximo episódio vai ao ar na próxima quinta-feira e parece que teremos o grupo de Quentin se preparando ainda mais para encarar a Besta mais uma vez.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.