Arrow: Kapiushon


Normalmente flashback em Arrow é uma das coisas mais chatas que existem sempre quebrando o ritmo da história principal que está se passando no presente. Mas dessa vez foi diferente, conseguiram fazer as duas se tornarem interessantes. No passado pudemos ver um Oliver mais sombrio, mais até mesmo que o das primeiras temporadas enquanto no presente tínhamos um Oliver mais raivoso e me arrisco a dizer que foi uma das melhores interpretações do Stephen Amell no papel do arqueiro. Juro que nunca pensei que diria isso, mas ele estava sensacional!

Acredito que todas as cenas da Rússia estiveram um nível acima do que vinha sendo mostrado antes, mais no quesito história porque visualmente não mudou quase nada. A única coisa que deu para ver uma diferença foi a peruca do Oliver que estava bem estranha. Mas eu queria destacar a cena onde o Oliver tortura um dos capangas de Kovar e em seguida temos o diálogo entre Anatoly e Oliver:

A: Que monstruosidade é essa?

O: Você deveria estar descansando.

A: Eu acordei com dor de cabeça. Eu vim te procurar. Não esperava isso. Isso não é humano.

O: Anatoly, eu disse que colocar esse capuz me ajuda a direcionar a escuridão dentro de mim. E deu certo, sei o plano de Kovar.

A: Mas a que custo? Você é tolo se pensa que um pedaço de pano pode separar o homem do monstro. Dividir você em dois só deixa o monstro mais forte. Até ele ficar mais forte que você.

O: Você sabia do que eu era capaz em Lian Yu.

A: Mas este homem que vejo agora tem mais semelhança com Slade Wilson ou Anthony Ivo. Homem Durão. Aguentou bastante antes de desistir.

O: Ele desistiu rápido. O resto foi prática.

A: Prática para virar o quê?

O: Outra coisa.

Ver o quanto Anatoly ficou assustado com o que o Oliver estava se transformando e o quão sombrio Oliver estava foi de arrepiar. Anatoly era o tipo de pessoa que dava conselhos sábios para o Oliver, que freava um pouco o instinto assassino do capuz. Está mais que na cara a ligação forte que esses dois têm e deu para entender melhor o porquê da raiva que Anatoly ficou do senhor Queen.

Já no presente tivemos Adrian torturando Oliver tanto fisicamente quanto psicologicamente, só que foi mais para provocação, já que tortura física não funciona com o arqueiro, então Adrian foi até o limite da tortura psicológica fazendo com que Oliver admitisse que gostava de matar e isso o destruiu emocionalmente. Eu achei essas cenas excelentes e fiquei ainda mais empolgado em assistir a série. O triste foi que esses dias li uma notícia falando da possibilidade de Oliver e Felicity voltarem a ser um casal ainda nessa temporada e simplesmente não, CW, não faça essa cagada justo quando a série começou a se recuperar. Bem, comentem o que vocês acharam do episódio e o que pensam sobre o possível retorno do casal.



Tecnologia do Blogger.