The Flash: The Wrath of Savitar


Depois de várias semanas sendo hater de The Flash, devo admitir que gostei muito desse episódio. Foi uma história que conseguiu prender minha atenção apesar de ter algumas coisas que não gostei, mas isso é normal.

Vamos começar falando sobre o Wally, que sem dúvida foi o que movimentou a história desse episódio. Ele é um personagem imaturo ainda, é quase como se fosse um adolescente com personalidade de criança. E, se parar para pensar, quase todas as atitudes dele fazem sentido. O próprio Savitar comentou sobre isso. A atitude dele de revelar a verdade sobre o pedido de casamento do Barry foi idiota? Sim, muito! Com isso ele acabou colocando a vida da irmã dele em risco novamente. Mas pensa em tudo que ele vem aguentando do Barry desde que ganhou os poderes, na verdade o que ele fez foi até pouco.

Enquanto o Barry e o Savitar conversavam via “Julianphone” e o vilão ia contando sobre sua história e que havia envolvimento do Flash em sua criação e todo o rancor que ele guarda do herói, eu fui levado a acreditar que quem era o Savitar na verdade era o Wally. Pelo que me lembro de uma pesquisa que fiz sobre o vilão quando ele apareceu na série, nunca foi explicado exatamente a real identidade de Savitar, apenas que ele era um piloto de avião que tinha tomado um raio enquanto voava. Então, como a série sempre cria novas versões para a história de uma maneira que encaixe melhor no formato televisivo, foi legal imaginar que poderia ser o Wally o vilão.

Outra coisa que deve ser considerada é que estamos na terceira temporada e esse é o terceiro velocista como inimigo. Primeiro tivemos Flash Reverso que, usando a identidade de Harrisson Wells, sempre esteve por perto. Depois tivemos o Zoom que foi a mesma coisa. Ele se passou por Jay Garrick e estava ali vendo todas as decisões do Barry. De certa forma, a série tem uma fórmula e se ela continuar com Savitar podemos concluir que ele foi alguém ligado ao Barry. Se bem que tem o fato de que, segundo Savitar, eles só irão se conhecer num futuro próximo, mas não dá para acreditar em um vilão, né?

Sobre a Caitlin ter escondido uma parte da pedra e não falar nada para ninguém, é totalmente aceitável. Ela estava ali vendo todo mundo se esforçando para salvar a Iris e, enquanto isso ela ia se transformando em Nevasca. Ela tentou se virar sozinha e graças a ela Savitar não voltou antes. A cada episódio eu estou gostando mais da relação dela com o Julian. Primeiro, que Caitlin é uma personagem bem forte e, segundo, que Julian com aquele temperamento ranzinza e humor sarcástico faz uma boa dupla com ela.

Mas a minha única crítica é que Savitar ficou meio gordo. Esse tempo parado na força da aceleração não fez muito bem para ele, pelo jeito. Mas comentem aí quais são as suas teorias sobre Savitar. Pelo que ele deixou a entender, ele conhece bem a equipe.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.