The Magicians | Lesser Evils


Esse episódio foi um pouco complicado. As histórias foram boas, mas as resoluções me decepcionaram um pouco. Então já vamos começar pelo que mais me incomodou.

Como sempre, nada dá certo para nossos magos. Depois de um complicado assalto a um banco, todo o ouro investido em tropas não serviu para nada já que os soldados decidiram fazer um protesto por causa das árvores que Julia matou. Então Eliot decidiu desafiar o rei de Lorian para um duelo, na esperança de usar a magia a seu favor. Ele só se esqueceu do fato que a magia está instável e que o outro rei havia vencido 14 duelos antes desse.

Gostei da ajuda que a Fen deu a ele, se mostrando muito útil ao reino. Havia ficado uma desconfiança sobre ela depois que seu passado foi revelado. Enquanto o duelo não ia muito bem para Eliot, Margo decidiu fazer um pacto com as fadas para que elas recuperassem o manancial e em troca disso ela daria o herdeiro real para as fadas. A própria Fen concordou com isso, só que sem saber qual era exatamente o pacto que Margo havia feito. Até nesse ponto está tudo ótimo. O Eliot descobrir que o Rei Idri era bissexual e os dois se pegarem durante o duelo também é super aceitável levando em consideração todo o histórico do Eliot, agora ele decidir se casar com o Rei e ainda dividir metade do manancial com ele, eu odiei. Isso diminuiu todo o esforço da Fen e da Margo, tornando o que as duas fizeram inútil.

Algo que eu fiquei pensando enquanto assistia ao episódio: a ideia do duelo veio da preguiça; o pacto com as fadas também. Será que temos alguém ali tentando dar um golpe e assumir a coroa?

Enfim o filho de Reynard foi mostrado. Interessante ser um político super influente e essa influência toda não vir de seus projetos ou esforços e sim do seu poder mágico. Eu ainda preferia que, na verdade, fosse alguém já conhecido. Tudo bem que seria um pouco forçado ter o filho de um deus ali, mas então que pelo menos o senador já tivesse sido mostrado antes.

E como a Julia está escrota nessa versão sem o espectro. Usar o Quentin daquela maneira só para colocar Alice contra Reynard foi um pouco demais até para ela. O Quentin também bem que poderia ter liberado a Alice ali mesmo. Ele tinha noção que não aguentaria por muito tempo e naquela situação ela teria sido útil.

Cheguei à conclusão de que se eles fizessem as coisas que precisam sem ficar pensando muito ou querendo enfeitar, metade dos problemas não teriam acontecido. Enfim, deixem nos comentários o que vocês acharam do episódio.



Tecnologia do Blogger.