Arrow: Dangerous Liaisons


Decepção é uma palavra que resume muito bem esse retorno de Arrow. Não que o episódio em si tenha sido ruim, pelo contrário, foi muito bom, mas é que muitos personagens tiveram decepções com pessoas próximas. Dessa vez Prometheus nem precisou fazer nada, os próprios membros do Team Arrow conseguiram se afastar.

Oliver e Diggle se viram no meio de uma disputa entre Felicity e Laila e seus pontos de vista totalmente extremos, enquanto Laila tomava atitudes, como o próprio Dig comentou, que lembravam muito as de Amanda Waller, Felicity, por sua vez, estava mais extremista do que nunca e decidiu apoiar Helix com tudo que tinha e, é claro, isso causou muito mal-estar no grupo. Não tem como dizer qual das duas estava certa, já que o resultado da ação de ambas traria algo negativo, mas engraçado foi ver que Oliver e Diggle eram os mais sensatos naquela situação.

Felicity se sentiu traída duas vezes nesse episódio, a primeira foi quando ela pediu o apoio do Oliver e ele negou, justo pra ela que por tantos anos apoiou ele nos mais insanos e questionáveis planos, sem contar o fato que Oliver já foi noivo dela, então para Felicity seu apoio seria certo. A segunda vez foi logo após ela abandonar seus amigos de anos, quando ela acabou sendo abandonada pela organização que ajudou. Sinceramente, fiquei triste pela Felicity nessa situação.

Agora, uma coisa que não entendi direito foi essa motivação da Felicity em querer vingança contra o Prometheus. O relacionamento dela com o detetive Malone não foi tão abordado assim a ponto de criar todo esse ódio que ela vem demonstrando, não teve esse aprofundamento todo na relação para vermos ela se dedicando desse jeito, então eu achei essa parte meio mal construída. Talvez a ideia dos roteiristas até tenha sido construir um casal que se amava e depois ele ser assassinado. Só faltou eles mostrarem esse amor todo.

E vendo o final do episódio que o Prometheus parte para o ataque ficou um pouco estranho. Sim, ele poderia ter atacado antes, mas por que justamente agora que Felicity conseguiu algo para localizá-lo? Será que ele estava por trás do Helix? Se bem que na despedida a Alena estava com os olhos lacrimejando, poderia ser emoção de dizer adeus a sua heroína ou então uma ameaça que estava sofrendo.

Há algum tempo havia saído a notícia da possibilidade de Oliver e Felicity retomarem a relação. Isso é uma coisa para se ficar preocupado já que com o fim do relacionamento entre os dois a personalidade do Oliver melhorou bastante, mas com o clima que acabou o episódio, a relação dos dois parece estar bem desgastada e isso pode ser um bom sinal para aqueles que, como eu, não são muito fãs do casal Olicity.

Mas nem só de desgraça foi feito o episódio. A relação entre Quentin e Rene está ficando cada vez mais legal de acompanhar, às vezes você vê ali uma relação entre pai e filho e outra hora entre grandes amigos. Foi legal da parte do Quentin reunir Rene e sua filhinha mesmo que tenha sido por um tempo bem curto. Ele deu motivos para que Rene lute mais uma vez e ninguém melhor que Quentin Lance sabe como é triste perder uma filha.



Tecnologia do Blogger.