Arrow: Disbanded


Depois de ser libertado por Prometheus, Oliver não consegue encontrar mais forças para seguir como vigilante. O medo de acabar destruindo a vida de seus companheiros toma conta do Arqueiro que além de abandonar o uniforme, decide se afastar dos seus amigos.

Oliver por alguns momentos voltou a ser o que era antes. Das outras vezes que isso aconteceu, e não foram poucas, acabou sendo maçante, mas dessa vez tinha um motivo. Ainda continuou sendo um pouco chato, mas pelo menos fazia sentido. Talvez a maior diferença foi que ele não tentou resolver sozinho, ele não tinha forças para isso, então decidiu fazer um acordo com a Bratva para se livrar de Adrian Chase.

Se bem que eu acho que todo mundo concorda que pedir ajuda para a máfia russa não seja a melhor opção. Se a relação entre Oliver e Anatoly ainda fosse de grandes amigos, até poderia ser uma boa ideia, mas da maneira como estão foi uma péssima ideia do Sr. Queen.

A decadência da Bratva e do próprio Anatoly foi algo especial desse episódio, pois mesmo que ele fosse um mafioso, ele tinha um ideal, ele ajudava as pessoas, mas com o tempo e a necessidade do dinheiro ele acabou se corrompendo para poder se manter no controle da organização. Tenho a impressão de que ele não tem esse controle total, já que vimos no episódio anterior que Kovar não havia morrido, então será ele o próximo grande vilão a enfrentar a equipe?

Sinceramente, eu preferia que fosse Kovar o inimigo. Eu aprendi a gostar do Anatoly, sempre com aqueles conselhos tentando ajudar o Oliver, essa ideia dele de cara mal não convence.

Como dizem, “a falta de dinheiro deixa as pessoas mais criativas”. Durante cinco temporadas vimos os heróis usando roupas que claramente dava para reconhecer suas verdadeiras identidades, dessa que vez que estavam sem os recursos dos uniformes, eles decidiram usar só uma roupa preta, uma touca e uma bandana de rosto e, sinceramente, eles deveriam adotar esse visual que protege muito mais a identidade deles. 

Gostei de ver que a organização Hacker que Felicity faz parte agora sabe sobre as identidades secretas do team arrow. Não faria sentido um grupo que descobre segredos​ de governos mundiais não soubesse sobre isso.

A cada decisão que Chase toma, ele se torna mais imprevisível. Eu não sei o que esperar do personagem daqui para frente, ele é movido por ódio e loucura e isso está me conquistando, a cada minuto eu fico imaginando que ele vai colocar fogo na cidade só para se divertir. Deixem suas opiniões sobre como está sendo esse arco.



Tecnologia do Blogger.