Crítica: 13 Reasons Why (Com spoiler)


Se você ainda não assistiu 13 Reasons Why, recomendo que leia essa crítica aqui, onde falo sobre a série sem spoilers. Caso você não se importe, vamos aos fatos.

O que eu mais esperei, muito ansiosamente, para ver no último episódio, era as pessoas envolvidas sendo desmascaradas publicamente. E se você já assistiu à série, sabe que isso não aconteceu. Lembro que toda hora eu checava o tempo restante e me perguntava se realmente eles iriam ignorar tanta coisa. Clay já estava lá mostrando o que havia aprendido com toda essa história ao chamar a Skye para sair e eu ainda estava sem muitas respostas.

O que nos deixaram saber foi que Courtney parece ter finalmente se assumido ao confessar seu segredo, Sheri se entregou para a polícia e Jess resolveu parar de beber e contar ao seu pai tudo o que ela passou. Marcus deu a entender o que fez com a Hannah e Zach também, apesar de não ter mostrado o que aconteceu com os dois depois dos depoimentos. Agora é aqui que tudo começa a ficar complicado.

Justin saiu de casa sem ter para onde ir e com uma arma na mala. No final das contas ele ficou sozinho, sem família e sem amigos e sua última cena foi com o Bryce. Só eu fiquei desconfiada daquela despedida?

Alex Standall, aparentemente o que mais sofreu psicologicamente com toda essa história, no final estava visivelmente inconformado com tudo e sua última cena foi sentado em sua cama depois de deixar seu quarto extremamente arrumado, para mais tarde descobrirmos que ele tentou se matar.

Tyler, o fotógrafo, creio que é o personagem mais perigoso da série. Em momento algum vimos o Tyler com algum amigo, tudo o que vimos foi ele sendo ignorado e humilhado por qualquer um que ele tentasse chegar perto. E agora sabemos que ele não só tem um arsenal de armas escondido em casa, como mantém fotos de todos os envolvidos no caso Hannah Baker, onde em um último momento, ele arranca a foto de Alex.

E que comecem as teorias! O tiro que ouvimos foi o Alex atirando na própria cabeça? Foi o Tyler tentando matar o Alex e fazendo parecer tentativa de suicídio? Ou foi o Justin atirando no Bryce? Só nesse caso há tantas possibilidades que nem dá para reunir todas aqui. Justin estava totalmente devastado em sua última cena, será que ele também não se matou?

Realmente foi decepcionante para mim que tantas perguntas tenham ficado sem respostas. No final das contas ninguém ainda foi responsabilizado pelos crimes que cometeram. Acredito que tudo bem haver ganchos para uma próxima temporada (inclusive, acho que eles agora são obrigados a nos dar uma segunda temporada), mas deixar tantas lacunas assim foi exagero. Terminei de assistir com a sensação de “Oi? Vocês esqueceram de upar um episódio aqui!”.

Mas saindo um pouco da linha de teorias, eu gostaria de mencionar dois personagens: Tony e Jeff. No começo eu estava meio desconfiada do Tony, mas depois eu vi que ele realmente era um cara legal e eu amei a presença dele na série (fora que abordaram um homem gay com uma naturalidade que eu nunca havia visto antes). E o Jeff, bom, demorou para cair a ficha de que ele só aparecia nos flashbacks. Só me dei conta de que ele era o outro estudante que havia morrido quando mostraram a cena do acidente e isso despedaçou meu coração. Jeff era um dos poucos personagens de boa índole naquela série. Foi um grande amigo para o Clay e não tratava ninguém mal. 

Outra coisa que me destruiu foi ver que Hannah e Clay se gostavam. No começo eu achei que era uma coisa meio platônica, mas não! O sentimento era recíproco e por que não deu certo? Falta de comunicação. Hannah não conseguia se abrir com ninguém e Clay tinha medo de assumir seus sentimentos. No meio de tantas incertezas, Hannah acabou perdendo a chance de ter seu relacionamento dos sonhos. Se isso não foi uma lição sobre “fale sempre o quê e como você se sente” ou “elogie mesmo que você ache bobo”, eu não sei o que foi. Aprendemos com a série que o que pode ser bobo para mim, pode ser muito importante para a outra pessoa, e se for uma ação positiva, não tem porquê não fazer.

São tantas coisas: Mr. Porter sendo o 13º motivo, Bryce e seu histórico de estupros, Zach que deveria ser uma boa pessoa, mas andava com gente errada. Tanta coisa para ser falada sobre essa série que 1300 palavras ainda não foram suficientes. Deixem nos comentários as suas opiniões e coisas que eu não consegui relatar aqui!



Tecnologia do Blogger.