Primeiras Impressões: Alice to Zouroku


Alice to Zouroku foi um dos primeiros animes a estrear nessa temporada e contará com doze episódios. A história mostra a menina Sana, uma das crianças que tem os poderes do Sonhos de Alice, que faz com que elas consigam materializar e controlar tudo o que imaginar. A Sana consegue fugir do laboratório onde realizam testes com essas crianças e encontra Zouroku em uma cidade grande, um homem idoso a qual ela decide pedir ajuda.

Comecei a assistir Alice to Zouroku sem grandes expectativas. Sana era chamada de Rainha Vermelha e pelo nome no título, deduzi que terá referências à Alice no País das Maravilhas. Com alguns minutos, enfim, o anime conseguiu prender minha atenção. Foi a partir do momento em que Zouroku entrou em cena.

Ler pensamentos também é um dos poderes de Sana e foi assim que ela descobriu que Zouroku era um bom homem ao qual ela poderia pedir ajuda, mas se você estiver esperando um bom velhinho que se maravilha ao descobrir uma criança com poderes, pode ir parando. Sana acreditou que oferecendo um desejo realizado seria uma boa forma de convencer Zouroku a ajudá-la, mas ele pouco estava se importando com tais poderes.

Enquanto Sana se exibia mostrando tudo o que poderia fazer, Zouroku dava uns bons cascudos nela como se ela fosse uma criança comum precisando de disciplina. Zouroku é um misto de velho sensível e mal humorado. Por mais que tenha uma cara séria e seja meio fechado, o cara é um florista que, desde o começo, se mostrou preocupado com a Sana, mesmo tentando não se envolver muito.

Esse primeiro episódio teve magia, muita ação, uma pitada de humor e mistério. Depois de uns 43 minutos de première, Alice to Zouroku despertou minha atenção e curiosidade. Todos os 12 episódios terão aproximadamente esse tempo de 40-44 minutos, e agora que Zouroku resolveu acolher Sana e ajudá-la a libertar as outras crianças do laboratório, quero muito ver o que vem por aí.



Tecnologia do Blogger.