Supergirl: Alex


Kara versus Maggie, quem está certa? Tanto em suas obrigações de salvar a cidade quanto em quem se importava mais com a Alex, foram coisas que vimos essas duas disputando nesse último episódio. Em alguns momentos parecendo até mesmo algo infantil. As duas tiveram seu momento de “estar certa”, mas no geral concordei mais com as atitudes da Maggie. Não é de hoje que a Kara vem agindo de uma maneira que não dá para defendê-la. 

Na primeira temporada ela era o carisma em pessoa e em alguns momentos ainda vemos o resquício daquela personagem, só que conforme ela foi crescendo na série e sem apoio de Cat Grant, ela começou a se tornar uma personagem mais egoísta e menos madura, que faz tudo como bem entende sem pensar duas vezes e isso acaba prejudicando todo o caso. Não estou dizendo que ela é totalmente ruim. Em muitos momentos eu acabo me envolvendo com a personagem, mas esse jeito esquentado dela me incomoda bastante. Então acho que foi cedo demais para tirar a mentora tanto da Kara Danvers quanto da Supergirl, ainda mais que ninguém pegou esse papel. 

Tirando esse detalhe, o episódio foi muito bom. Finalmente tivemos um inimigo que fez tanto a Supergirl quanto a DEO suarem para resolver o problema. E o melhor de tudo é que ele não passava de um simples humano que com sua inteligência e planejamento conseguiu fazer frente à garota de aço.

Não há necessidade de superpoderes ou fantasias e maquiagens esquisitas para criar um grande vilão. Um bom roteiro basta. Esse é o tipo de inimigos que eu gostaria de ver com mais frequência. Claro que também é importante termos alguns super seres para que a Supergirl trave batalhas épicas, senão de que adiantaria todos os poderes que ela tem?

Não sei quanto a vocês, mas eu pelo menos achei a Alex genial nesse episódio. Mesmo estando presa em um cubículo, ela teve grandes momentos onde mostrou que realmente é uma agente muito bem treinada. Chegou a dar desespero no momento em que ela começou a cortar o próprio ombro para tirar o rastreador e usar as câmeras para enviar o sinal. Tudo bem que isso pode não ter funcionado muito bem, mas só de ver a maneira como ela age em situações como essa já valeu a pena. Outro momento em que ela se destacou foi mais para o final do episódio, quando o cubículo começa a encher de água e ela faz uma bóia usando a própria calça. Os segundos que ela ganhou com aquilo foi o suficiente para conseguir ser salva em uma situação de desespero. Mostrou o seu sangue frio e conseguiu tomar a decisão que ajudou a salvar a própria vida.

Por fim tivemos uma pequena introdução dessa futura parceria entre Lena e Rhea. O que será que as duas estão planejando juntas? Imagino que os planos de Rhea não devem ser nada positivos para a Kara. Mas será que a Lena está ciente disso?



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.