Primeiras Impressões: 18if


18if me chamou atenção antes mesmo da temporada começar. Seu cartaz de divulgação é muito chamativo, com cores que parecem estar gritando “me note” e “me assista”. Como negar um pedido desses, não é mesmo? Mas o que foi vendido tão bem no cartaz, o primeiro episódio não conseguiu entregar. Você precisa ter um certo nível de desprendimento da realidade para continuar assistindo a esse episódio, já que ele chega a ser bastante nonsense, mas não de uma maneira boa e sim de uma maneira enrolada e confusa. Porém, mais para o final, o anime começa a entregar um pouco de sua história e aqueles que não desistiram até aquele momento acabam se sentindo curiosos para o que vem pela frente. Foi aí que o anime me ganhou.

Primeiro, vou explicar o conceito. Existem dois mundos: o real e o mundo dos sonhos. No mundo dos sonhos, existem garotas chamadas bruxas, que são capazes de controlar os sonhos. Essas garotas, no mundo real, sofrem de uma doença chamada de Síndrome da Bela Adormecida, um coma que dura até que elas realizem seus sonhos. É aí que entra o nosso personagem principal: ele é capaz de interagir com as bruxas de uma maneira que as faça acordar, mas o porquê disso ainda não foi bem explicado.

Agora que já deu para entender mais ou menos o conceito, vamos voltar à história. No primeiro episódio, temos uma garota que era muito tímida e acabou sendo vítima de uma aposta de colegas de classe e, a partir daí, começou a sofrer bullying. Por isso seu sonho é todo confuso e sem sentido.

No segundo, acompanhamos uma garota que quando tinha doze anos viu sua família ser brutalmente assassinada por adolescentes. E quando eu digo “brutalmente”, é algo de arrepiar. Mas mesmo com ela reconhecendo os suspeitos, eles não foram presos por serem menores de idade. Agora, como bruxa, ela busca por vingança no mundo dos sonhos. E então rola aquele debate para quem está assistindo: o certo é torcer para que ela consiga sua vingança ou torcer para que o personagem principal a detenha? O conceito de moral é muito questionado nesse episódio.

Já no terceiro temos uma garota que era muito solitária. Mas esse eu prefiro não entrar em detalhes para não estragar a experiência do episódio, que na minha opinião foi o melhor até o momento.

Em resumo, esse é um anime que, se você se esforçar um pouco para assistir, irá valer a pena. Lembrando que 18if ainda não tem número de episódios confirmados, mas vai ao ar toda sexta-feira.

 E aí? Curtiu? Então ajude o nosso site! Seja nosso padrinho/madrinha
Afinal, nem todo herói precisa de superpoderes, basta ter um coração generoso...



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.