Primeiras Impressões: Princess Principal


Uma das coisas que mais gosto em animes são seus temas inusitados e a maneira como eles desenvolvem isso. Como é bom ser surpreendido por aquela mistura de temas que você nunca imaginaria assistir, como, por exemplo, Tsuritama. Por outro lado, também é bom ver um anime pegando um tema clássico como o de espionagem e sendo desenvolvido de maneira espetacular. Esse é o caso de Princess Principal.

O anime é ambientado em uma versão alternativa de Londres do século XIX. Isso por si só já tem um charme todo especial. A maneira como alguns elementos são usados também contribui muito. Temos cinco garotas do colegial que são espiãs secretas e, entre elas, está ninguém menos que a Princesa. Por mais que elas sejam meninas fofinhas, elas matam sem pensar duas vezes, mas não é algo gratuito, tem um porquê de tudo isso acontecer na história. A violência é muito bem usada nesse anime.

Mais um ponto positivo de Princess Principal é que a qualquer momento pode acontecer uma mudança no rumo da trama. Não é aquele tipo de história que você assiste já sabendo o final. Não dá para saber quais personagens estão falando a verdade ou simplesmente falando o que é conveniente para se completar a missão. Isso é uma característica comum do gênero espionagem, mas, se mal feita, pode destruir a trama e, pelo que pareceu nos primeiros episódios, podemos ficar tranquilos que essa é uma maneira de contar história que os responsáveis pelo anime sabem fazer.

Os traços e cores me chamaram a atenção. Em alguns momentos me lembrei até de Little Witch Academia, respeitando, é claro, todas as diferenças dos animes. Mas, enfim, Princess Principal é um dos animes dessa temporada que eu indico.

O anime ainda não tem um número de episódios confirmados, mas vai ao ar todo domingo. Assistam e não deixem de vir comentar depois!

 E aí? Curtiu? Então ajude o nosso site! Seja nosso padrinho/madrinha
Afinal, nem todo herói precisa de superpoderes, basta ter um coração generoso...



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.