Shadowhunters: A Problem of Memory


Ei taverneiros, borá falar sobre o episódio de ShadowHunters da semana?

Depois de uma semana de folga (nem vou dizer que eu tinha esquecido e acordei cedo para ver), a série voltou com uma baita expectativa. E não foi para menos, os flashbacks prometiam explicar de onde (na série) vinha nosso querido demoninho Sebastian.

Pois bem, mais uma vez a série ficou um tempão no drama Climon, no geral isso não pode ser considerado um problema, só eu mesmo que não aguento mais esses dois juntos. Em torno disso, temos o Simon sendo aquele amigo que não sabe beber. O bicho bebeu um plasma muito "loko" e não lembrava mais nem o que fazia. E isso, acreditem, considerei muito bom. Porque tivemos com as lutas um vislumbre do Simon que aparece bem para frente na história da Cassandra (será que isso é um spoiler? Espero que não, rs). 

Mas a treta real, embora tenha durado menos tempo em relação ao resto, era a identidade do Sebastian. Acertei semana passada quando disse que a pessoa refém era o verdadeiro ShadowHunter, mas nunca imaginávamos aquela aparência. O que ele é? Ninguém sabe ainda.

A melhor coisa talvez tenha sido o vislumbre de Idris, não que seja a melhor Alicante que poderíamos ter, mas sim porque mostra que eles não se esqueceram da cidade, só não tem dinheiro mesmo. 

No geral eu gostei, ver Aline foi mara. Pensar no quanto isso ainda vai se desenvolver. A fotografia como sempre deu um show e a trilha sonora foi maravilhosa. Algumas interpretações ainda não são AQUELAS COISAS, mas estamos caminhando para isso.

A preocupação (todo episódio fica uma preocupação) é por que o Valentim não estava com o Sebastian e por que daquela aparência, afinal o que ele é (na série)? Comente com as suas teorias e assista nosso vídeo para saber detalhadamente nossa opinião.


 E aí? Curtiu? Então ajude o nosso site! Seja nosso padrinho/madrinha
Afinal, nem todo herói precisa de superpoderes, basta ter um coração generoso...



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.