Primeiras Impressões | Black Clover


O mundo é dividido em reinos medievais, mas neste mundo todas as pessoas possuem magia e, ao completar quinze anos, recebem um grimório. No reino de Clover, Asta e Yuno são dois órfãos que sonham em ser o mago Rei, o mais poderoso cavaleiro mágico do reino. Mas, enquanto Yuno é um prodígio, Asta não consegue usar magia e, determinado a alcançar seus sonhos, ele treina incansavelmente todos os dias. No dia dos jovens receberem seus grimórios, Asta recebe em suas mão um misterioso grimório com um trevo de cinco folhas na capa.

Black Clover é um anime que eu esperava há muito tempo. Eu acompanho o mangá há muito tempo também e realmente é uma das minhas leituras mais prazerosas junto com Hero academia. Os protagonistas dessas duas obras até se assemelham, pois ambos são pessoas comuns num mundo de super poderes, mas que, ainda assim, não desistem dos seus sonhos. Porém, a semelhança acaba por aí também, pois as personalidades são muito diferentes. Enquanto Midoriya é estudioso e chorão, Asta é o típico idiota barulhento, que acha que tudo pode se resolver na base da força. 

O primeiro episódio é um começo morno, não é nada grandioso, mas garante uma boa noção do que esperar do anime: comédia nos momentos certos e ação como todo bom shounen. Uma dica de quem já sabe o que vem pela frente: os primeiros episódios podem não ser grande coisa, mas com o tempo eu garanto que vai ser realmente empolgante.

A animação está boa. As magias do cara das correntes parecem estar meio “destacadas”, como que em cg, o que chama um pouco a atenção. Mas, fora isso, o anime parece prometer boas lutas. As vozes são um ponto a se considerar, pois combinam bastante com os personagens.

Em suma, Black Clover teve um excelente primeiro episódio e, provavelmente, será um dos melhores da temporada.


 E aí? Curtiu? Então ajude o nosso site! Seja nosso padrinho/madrinha
Afinal, nem todo herói precisa de superpoderes, basta ter um coração generoso...



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.