Primeiras Impressões | Kekkai Sensen & Beyond


Há 3 anos Nova York desapareceu e em seu lugar surgiu uma nova cidade que liga o mundo dos humanos a outro mundo. E, junto com essa cidade, que ficou conhecida como Hellsalem’s lot, apareceram diversas criaturas e monstros. Leonardo Watch resolve se mudar para essa caótica cidade após uma estranha entidade lhe dar os olhos dos deuses e tirar a visão de sua irmã mais jovem enquanto eles visitavam Hellsalem’s lot. Agora vivendo ali onde tudo é possível, Leonardo se junta à organização secreta Libra para proteger o mundo das ameaças desse lugar sobrenatural.

Kekkai sensen está de volta para sua segunda temporada, Kekkai sensen & beyond, e seu primeiro episódio nada mais é do que uma abertura para relembrar os espectadores o quão louca é a cidade e seus habitantes. Neste primeiro episódio não é apresentado nenhum aspecto da trama.

A animação segue no mesmo estilo de sua excelente primeira temporada. No entanto, a opening não é tão boa quanto a ending. Na verdade, esse primeiro episódio não apresentou a ending ainda, mas duvido que supere a icônica ending da primeira temporada.

Este episódio acabou por ser cansativo, pois foi uma repetição de coisas que já vimos antes, um caos aleatório e sem ligação com a trama. Na primeira temporada, alguns desses episódios foram bons, pois foram usados para introduzir e desenvolver personagens. Mas, como eu disse, isso já foi feito e repetir agora no beyond ficou cansativo de se assistir.

A sensação que esse primeiro episódio passou foi de que essa poderá ser uma temporada divertida, mas que dificilmente alcançará a primeira, pois para isso seria necessário inovar muito. A fórmula caótica precisa ser variada um pouco para não ficar na mesmice. Enfim, talvez seria uma boa ideia explorar melhor o Femt, que até agora simplesmente apareceu como personagem de fundo, ou então explorar melhor a questão dos Olhos do Leonardo. Mas vamos acompanhar e ver o que acontece. E, vocês, o que acharam?


 E aí? Curtiu? Então ajude o nosso site! Seja nosso padrinho/madrinha
Afinal, nem todo herói precisa de superpoderes, basta ter um coração generoso...



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.