The Gifted | eXodus


Um episódio de partir o coração.

Logo de cara vemos uma bela cena entre Marcos e Lorna contando um pouco de seu passado e mostrando que, apesar de seus poderes serem a razão deles serem discriminados, ainda são uma importante parte de si. Os poderes não são uma maldição, a sociedade não devia descriminá-los por conta de quem eles são, mais uma triste crítica abordada.

Como se não bastasse ver a Lorna apanhando no episódio passado, ainda temos de vê-la se acabando para tentar fugir. Acho que temos uma nova Raven Reyes. Mas o que foi realmente de partir o coração foi a triste situação de Sheila e sua filha Dominique. Isso foi realmente duro ver. Aquela criancinha com medo e sua mãe exausta procurando um lugar seguro para ir, seu pai preso e ela sendo perseguida simplesmente por ser uma “ameaça em potencial”. Se o Reed não tivesse pulado daquela Van, ele teria se provado um personagem realmente desprezível.

A ideia de Caitlin de buscar ajuda com seu irmão pode até ter parecido ingênua para nós, viciados em séries que sabemos que contatos no governo nunca ajudam, mas para alguém que cresceu acreditando na lei e que somente percebeu recentemente que elas não são iguais para todos, parecia uma boa ideia. No fim, não foi, mas serviu para abrir um novo plot (quais serão as consequências de dreamer ter usado seus poderes em Clarice?) e mostrar quem Andy está se tornando. Por falar em Andy, eu realmente não sei dizer se o ator atua mal ou mandaram ele interpretar um adolescente insuportável que fica fazendo umas expressões de dor de barriga enquanto usa seus poderes. Até agora esse se mostrou o personagem mais difícil de se aturar e que provavelmente não faria falta. Para um show que fez propaganda focando na família e seus filhos mutantes, estes até então se mostram os menos interessantes. E a mãe, que quase não foi percebida no primeiro episódio, realmente se destacou nesses dois últimos.

Por fim, a visita ao irmão de Caitlin não serviu apenas para mostrar o quão chato Andy é. Eles conseguiram a informação de que Reed e outro prisioneiro, provavelmente a Lorna, serão transferidos. Veremos agora o que os undergrounds farão.


 E aí? Curtiu? Então ajude o nosso site! Seja nosso padrinho/madrinha
Afinal, nem todo herói precisa de superpoderes, basta ter um coração generoso...



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.