The Post - A Guerra Secreta


Spielberg, um dos diretores mais aclamados pelos nerds do mundo todo, nos traz mais um filme e, mais uma vez, um filme histórico. O diretor teve muito trabalho com The Post, tendo que acelerar as filmagens para poder participar das premiações referentes a 2017. Não pelo simples desejo de ganhar (não, Iñarritu, nós não estamos falando de você, saia daqui), mas para poder participar dos protestos ao governo americano atual que, COM CERTEZA, estarão presentes na cerimônia do Oscar.

The Post conta a história, no início dos anos 70, de Katharine Graham (Maryl Streep) e Ben Bradly (Tom Hanks), dona e editor-chefe do jovem Washington Post àquela época, que têm acesso a documentos secretos do governo americano e entram numa batalha a fim de revelar para o povo décadas de mentira.

O filme é mais uma grande aula de atuação da rainha de Hollywood, Maryl Streep. Ela consegue passar toda a insegurança e a responsabilidade que ela tem como a dona inexperiente do jornal, que tem de se impor a um mercado exclusivamente masculino.

Apesar de grande parte do filme ser constituída de reuniões, de trabalho e sociais, os diálogos não são chatos nem enfadonhos. Muito por causa do movimento de câmera. Spielberg sabe como tratar com dinamicidade algo que naturalmente tende ao sono e ele opta, muitas vezes, por essas conversas acontecerem enquanto os personagens andam, fazendo a câmera acompanhar os personagens e nos dar, ainda por cima, uma sensação de urgência.

O filme retrata muito bem o machismo da época. Apesar da posição de Maryl Streep, por exemplo, os homens do jornal não se sentem bem em receber ordens dela. Além disso, Spielberg aqui faz um tratado sobre a liberdade de imprensa, jogando a questão de forma bem direta no decorrer dessas duas horas.

Spielberg não costuma fazer filmes ruins e The Post não é diferente. É uma trama política que se passa na década de 70, mas que suscita questionamentos até hoje em dia, afinal, quem não lembra que em 2015 foram liberados documentos da CIA que afirmavam que a invasão ao Iraque era injustificada? Não deixe se levar pela fotografia cinza e o tema mais sério. The Post é um ótimo filme.

 E aí? Curtiu? Então ajude o nosso site! Seja nosso padrinho/madrinha
Afinal, nem todo herói precisa de superpoderes, basta ter um coração generoso...



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.